Histórico

A primeira reunião preparatória para a criação da Associação de Moradores e Amigos de Botafogo - AMAB aconteceu no dia 30 de outubro de 1979, na Rua Barão de Lucena nº 28 e contou com a presença de 11 moradores, tendo à frente, a jovem Maria Luiza Testa Tambellini, sua futura presidente.

 

Nesta reunião preparatória, cinco pontos foram destacados: a ideia da formação de uma Associação de Moradores; o noticiário sobre os acontecimentos do movimento associativo de moradores; uma carta da FAMERJ enviada ao governador da época, com as reivindicações das entidades que participavam das comissões de saúde; o movimento do “custo de vida”; e, por fim, a instalação de uma comissão pró-associação.

Ainda nesta 1ª reunião preparatória, os moradores presentes listaram aqueles que eles entendiam ser os principais problemas do bairro de Botafogo: - melhoria nos serviços públicos; - a questão do Metrô; - aumento do número de pessoas que vem trabalhar em Botafogo com a construção de sedes de grandes empresas no bairro; - o estacionamento nas calçadas; - a falta de praças e áreas de lazer; - a especulação imobiliária existente; - o mau atendimento feito pela Telerj (atual Telemar) e, por último, - a rede escolar e sua interferência no trânsito do bairro.

Considerando a necessidade de se criar um fundo para se viabilizar a futura associação, foi proposta a venda do livro “A situação da criança no Brasil” que seria comprado por Cr$ 40,00 e vendido a Cr$ 50,00, ficando o excedente como fundo para a criação da associação.

Considerando-se também a necessidade de se sensibilizar as pessoas para se incorporarem ao processo de formação da futura associação, discutiu-se a criação de uma programação específica neste sentido.

Dentro dessa programação, foi sugerido que o bairro fosse dividido em áreas de atuação, pelas quais, algumas pessoas, ficariam responsáveis para realização de uma pesquisa sobre os seus principais problemas. Findo esse levantamento, foram apontados como principais problemas de Botafogo: - segurança; - estacionamento nas calçadas; - lixo; - falta de supermercados; - conservação dos jardins; - má iluminação; - falta de áreas de lazer; - buracos nas ruas; - enchentes; - saneamento; - especulação imobiliária; - falta de rede oficial de ensino; e a, – reurbanização.

Da primeira reunião preparatória, até a Assembléia Geral que deu origem a Fundação, Eleição da Diretoria Provisória e a Aprovação do Estatuto Social da Associação de Moradores e Amigos de Botafogo – AMAB, aconteceram treze (30/10, 13/11, 27/11, 4/12, 11/12, 18/12 de 1979 e 15/01, 29/01, 26/02, 04/03, 08/03, 11/03, 18/03 de 1980) reuniões.

Dentre as várias reuniões preparatórias para a fundação da AMAB, a mais significativa aconteceu no dia 08 de março de 1980, no Clube Recreativo Associação Scholem Aleichem – ASA, à Rua São Clemente nº 155 e contou com a presença de 98 pessoas, dentre as quais: Jó Resende (futuro vice-governador), como representante da FAMERJ; Walter Pinto Faria, representante do DCE da Universidade Santa Úrsula; José Flávio Pessoa, representante do Instituto dos Arquitetos do Brasil-IAB/RJ; e, representantes de Associações de Moradores: Regina Maria e Wanderley Lima Belhassof, do Bairro Peixoto; Hadilson Figueiredo, da Nova Pavuna; Cristina de Rezende do Cosme Velho; e Manoel Martins, Maria Alice e Pedro Porfírio, da Lauro Müller.

A mesa diretora dos trabalhos, composta por representantes das entidades presentes, foi presidida por Maria Luiza Tambellini e secretariada por Jairo e Elizabeth Coutinho. A pauta da reunião foi a seguinte: 1 - Histórico do trabalho desenvolvido pela Comissão Organizadora e as resoluções por ela tomada; 2 - Apresentação da minuta do futuro Estatuto Social; 3 - Discussão dos grupos da Associação de Moradores e organização dos Conselhos Representantes provisórios; e a, 4 - Fundação da Associação de Moradores.

Nessa reunião foi aprovado, pelo plenário, o dia 22 de março, às 16 horas, no Clube Recreativo Associação Scholem Aleichem – ASA, a realização da Assembléia Geral para a aprovação da minuta do Estatuto Social e a Eleição da Diretoria Provisória da Associação de Moradores e Amigos de Botafogo - AMAB.

RELAÇÃO DE TODOS OS PRESIDENTES DA AMAB E SEUS RESPECTIVOS MANDATOS

Diretoria Provisória: Presidente - MARIA LUIZA TESTA TAMBELLINI - de 22 de março de 1980 a 28 de junho de 1980;
 

1º Presidente: MARIA LUIZA TESTA TAMBELLINI - 28/6/1980 a 23/6/1981;

2º Presidente: MÁRIO DIAS RODRIGUES - de 23/6/1981 a 15/6/1982;

3º Presidente: RAIMUNDO SÉRGIO BORGES DE ALMEIDA ANDRÉA - de 15/6/1982 a 2/5/1983;

4º Presidente: HORACIO SANCHES MATELA - de 2/5/1983 a 4/6/1984;

5º Presidente: HORACIO SANCHES MATELA - de 4 /6/1984 a 4/6/1985;

6º Presidente: JACINTO TEÓFILO CELESTINO - 6/1985 a 6/1986;

7º Presidente: ALTAIR TORRES - 6/1986 a 6/1987;

8º Presidente: FÉLIX VIEIRA - 6/1987 a 6/1988;

9º Presidente: FÉLIX VIEIRA - 6/1988 a 6/1989;

A AMAB É DESATIVADA

Diretoria Provisória: Presidente - CARLOS ALBERTO GONZAGA - de 15/12/1994 a 22/6/1995;

10º. Presidente: LUISA MARANHÃO - de 22/6/1995 a 27/6/1996;

11º Presidente: LUISA MARANHÃO - de 27/6/1996 a 22/6/1997;

12º Presidente: MARCELO BOTELHO CASTELLO BRANCO - de 22/6/1997 a 22/6/1998;

13º Presidente: REGINA LÚCIA FARIAS DE ABREU CHIARADIA - de 22/6/1998 a 22/6/1999;

14º Presidente: REGINA LÚCIA FARIAS DE ABREU CHIARADIA - de 22/6/1999 a 21/6/2000;

15º Presidente: REGINA LÚCIA FARIAS DE ABREU CHIARADIA - de 21/6/2000 a 22/6/2001;

16º Presidente: REGINA LÚCIA FARIAS DE ABREU CHIARADIA - de 22/6/2001 a 22/6/2003;

17º Presidente: REGINA LÚCIA FARIAS DE ABREU CHIARADIA - de 22/6/2003 a 22/6/2005;

18º Presidente: REGINA LÚCIA FARIAS DE ABREU CHIARADIA - de 23/6/2005 a 19/6/2007.

19º Presidente: REGINA LÚCIA FARIAS DE ABREU CHIARADIA - de 20/6/2005 a 25/6/2009.

20º Presidente: REGINA LÚCIA FARIAS DE ABREU CHIARADIA - de 26/6/2009 AINDA EM CURSO.

© AMAB 2018 Direitos reservados. Criação: Augusto Brito Design Studio

  • Facebook ícone social