• AMAB

Cadê a calçada, general?


General Góis Monteiro sem calçada.

Estudantes, arquitetos, moradores de Botafogo, representantes da AMAB e da Secretaria Municipal de Urbanismo reuniram-se, no sábado dia 6 de julho, na Escola João Saldanha, em Botafogo, para encontrarem uma solução para a falta de calçadas na rua General Góis Monteiro. A iniciativa é a primeira intervenção urbanística de grande porte realizada pelo Laboratório de Intervenções Temporárias e Urbanismo Tático (LabIT), da PROURB-FAU/UFRJ.


O projeto visa a ampliar as áreas de pedestres, melhorar a segurança viária e reduzir estacionamentos na rua, aumentando o espaço dedicado aos pedestres. Para isso, a abordagem é feita por meio do “urbanismo tático”, que consiste em intervenções emergenciais – construção e benfeitorias – de curto prazo e baixo custo. O conceito vem ganhando força numa época de escassez de recursos públicos, pois permite a imediata recuperação, redesenho ou programação do espaço urbano, sem depender de infindáveis licitações.


Após uma rodada de apresentação dos profissionais e da metodologia, os participantes fizeram dinâmica de grupo para identificar problemas, potencialidades e elaborar propostas.

O encontro terminou com uma simulação de intervenção na rua General Góis Monteiro.


Os próximos passos do projeto serão divulgados no site da AMAB.




© AMAB 2018 Direitos reservados. Criação: Augusto Brito Design Studio

  • Facebook ícone social