Relatórios de gestão

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DO CONSELHO DIRETOR / PERÍODO JUNHO 2007/JUNHO 2009

O Conselho Diretor da Associação de Moradores e Amigos de Botafogo - AMAB, cumprindo a determinação do Estatuto Art. 19, XI, vem apresentar o relatório de suas atividades.

  • Produção e distribuição de 30 DVDs com as comemorações realizadas pela AMAB dos 198 anos do bairro de Botafogo.
     

  • Participação no domingo de 29 de julho de 2007, na manifestação no Aeroporto Santos Dumont, em solidariedade aos parentes das vítimas do acidente de avião da TAM, em São Paulo.
     

  • Atuação direta no cancelamento junto a Prefeitura (à pedido dos moradores da área), da suposta festa junina da Rua Assunção, onde pessoas interessadas tão somente em lucros com a venda de bebidas alcoólicas, haviam organizado uma festa com música alta e barraquinhas com a logomarca da Nova Schin. 
     

  • Participação na campanha da Semana Mundial da Amamentação, na sede de FURNAS, através do recolhimento de frascos de vidro para acondicionamento de leite humano para o “Banco de Leite” do Instituto Fernandes Figueiras. 
     

  • Participação, junto com 18 outras Associações de Moradores, de uma audiência com o Governador Sérgio Cabral, quando conseguimos junto a ele o cancelamento da obra do futuro Shopping do Clube de Futebol e Regatas Flamengo, na Lagoa.
     

  • Participação nos dois programas de vídeo sobre o bairro de Botafogo, destacando suas especificidades, elaborados pela vereadora Andréa Gouveia Vieira.
     

  • Realização, nos dias 04, 05 e 06 de setembro de 2007, da manifestação: PRAÇA NELSON MANDELA JÀ. Os manifestantes organizados em barracas e com faixas e camisetas com a logo da AMAB nas entradas do Metrô, conversaram com os moradores e recolheram assinaturas num abaixo-assinado a ser entregue ao Governador Sérgio Cabral solicitando a cessão da área para a Prefeitura e a retirada do Canteiro de Obras da Odebrecht para a construção da Praça.
     

  • Participação, à convite dos moradores da área, de reunião a respeito da tentativa da Santa Casa de Misericórdia de vender a Odebrecht uma área em frente ao Plaza Shopping, entre as Ruas General Severiano, Lauro Sodré e General Góis Monteiro, para a construção de 6 espigões com garagens subterrâneas.
     

  • Através da atuação da AMAB em ação judicial, foi conseguida em 1º de outubro de 2007, a vitória dos moradores em SENTENÇA proferida pela juíza da 38ª V.C. contra a subenfiteuse SILVA PORTO.
     

  • Participação, junto com a AMAL e a AMA COSME VELHO, de mobilização em 05 de novembro de 2007, pela reabertura dos acessos ao túnel Rebouças fechado após um deslizamento.
     

  • Realização, junto com 13 outras Associações de Moradores da Zona Sul, no dia 26 de outubro de 2008, de um SEMINÁRIO com a diretoria e técnicos da CEDAE, no Auditório da Câmara Municipal, onde a AMAB apresentou um mapeamento contendo os pontos de vazamento e obstrução da rede de águas e esgotos de Botafogo.
     

  • Participação, enquanto uma das coordenadoras, da campanha do BOICOTE AO IPTU que teve início com uma passeata na orla do Leblon no feriado de 20 de janeiro de 2008. A campanha que durou em torno de 3 meses solicitava que o morador só pagasse o imposto no último dia do ano e visava o conscientizar de sua força e de que ele deveria cobrar da Prefeitura o retorno de seu imposto em obras e investimentos que refletissem em sua melhoria de qualidade de vida. A campanha do BOICOTE AO IPTU teve repercussão nacional e internacional.
     

  • Participação, enquanto presidente da AMAB, no dia 26 de fevereiro de 2008, da reunião dos “AMIGOS DA RUA ÁLVARO RAMOS E ADJACÊNCIAS”, na Igreja Santa Cecília, que estavam se mobilizando pela abertura da Estação São João do Metrô.
     

  • Transformação da associação dos “AMIGOS DA RUA ÁLVARO RAMOS E ADJACÊNCIAS” em uma comissão, no âmbito da AMAB, que representará a AMAB nas questões referentes a mobilização pela construção da Estação São João/Rio Sul do Metrô.
     

  • Participação da chapa da direção da TV Comunitária, canal 6 da NET.
     

  • Participação efetiva, junto com a comissão de mobilização pela construção da Estação São João/Rio Sul do Metrô, na colocação de barraca nas ruas, durante os meses de maio e junho, que recolheu aproximadamente 20 mil assinaturas, no abaixo-assinado que a AMAB pretende entregar ao Governador Sérgio Cabral, cobrando a abertura da Estação São João/Rio Sul do Metrô.
     

  • Participação da Audiência Pública na Câmara Municipal que discutiu a proibição de shows e eventos na orla da Zona Sul.
     

  • Denúncia da existência de “MILÍCIAS” em áreas da Zona Sul. Através de documento entregue por moradores da Rua Martins Ferreira no dia 3 de junho de 2008, a AMAB denunciou as ameaças recebidas pelos moradores daquela rua e a coação para que contratassem serviços de segurança particular oferecidos por Policiais Militares. As denúncias tiveram uma grande repercussão em todos os canais de TVs e jornais de grande circulação, levando a presidente da AMAB a ter que depor em Delegacia e Batalhão de Polícia. Os Registros de Ocorrências na 10ª DP foram caracterizados pelos artigos 158 (extorsão indireta) e 147 (ameaça) do Código do Processo Penal.
     

  • Entrada com uma representação no Ministério Público Estadual, no dia 13 de junho de 2008, solicitando a abertura de inquérito para apurar a responsabilidade da Prefeitura em emitir a licença em favor da construtora CHL para a demolição do Clube Sírio-Libanês e a consequente construção de dois prédios no referido terreno.
     

  • Participação, no dia 19 de junho de 2008, de Audiência Pública no auditório da sede do Ministério Público Estadual, para discutir a criação de uma norma a ser seguida na liberação dos shows e eventos na orla da Zona Sul.
     

  • Eleição da AMAB para a Diretoria do Conselho Comunitário de Segurança da 2ª Área Integrada de Segurança Pública do 2º BPM – 2ª AISP.
     

  • Reunião com os moradores do entorno do lote de nº 8 da Rua Ministro Raul Fernandes para tratar de manifestação contra a construção de um prédio nesta área chamada de “Bosque de Botafogo”.
     

  • Participação de Audiência Pública no auditório da sede do Ministério Público Estadual sobre a concessão de linhas de ônibus municipais.
     

  • Reunião com o presidente e vários diretores do Consórcio Rio Barra para tratar da construção da Linha 4 do Metrô.
     

  • Reunião, no dia 1º de agosto de 2008, com a equipe do Vice-Governador Luiz Fernando Pezão para tratar da construção da Praça Nelson Mandela.
     

  • Participação em reunião no dia 6 de agosto de 2008 com o Superintendente Geral do Shopping Rio Sul para tratar do assunto da construção da Estação São João/Rio Sul do Metrô
     

  • Reunião com a equipe do Instituto Pereira Passos (IPP), para tratar das alterações que foram feitas pelo Instituto, no projeto original da Praça Nelson Mandela. A AMAB se posicionou pelo resgate do projeto original aprovado com a participação dos moradores.
     

  • Manifestação, no dia 24 de agosto de 2008, com faixas e cartazes, contra a inauguração da UPA de Botafogo na área destinada a construção da Praça Nelson Mandela cujo projeto foi aprovado com a participação dos moradores.
     

  • Manifestação, no dia 30 de agosto de 2008, com faixas e cartazes e carro de som, contra a construção de um edifício no lote de nº 8 da Rua Ministro Raul Fernandes, área conhecida como “Bosque de Botafogo”.
     

  • Participação em reunião com a diretoria da Construtora RJZ sobre a construção do Anexo da Fundação Getúlio Vargas, na Praia de Botafogo.
     

  • Entrada com uma representação no Ministério Público Estadual contra a construção da UPA de Botafogo no terreno destinado a implantação da Praça Nelson Mandela que teve o projeto aprovado pelos moradores em Audiência Pública.
     

  • Produção do documento “BOTAFOGO, bairro saturado” para enviar aos candidatos a prefeito nas próximas eleições municipais em 15 de novembro de 2008.
     

  • Envio de documento com as principais reivindicações do bairro de Botafogo aos candidatos à Prefeitura do Rio de Janeiro, nas próximas eleições.
     

  • Participação, no dia 22 de janeiro de 2009, na Audiência Pública promovida pela ANAC para tratar da autorização do aumento do número de voos no Aeroporto Santos Dumont.
     

  • Realização, no dia 16 de fevereiro de 2009, de um Seminário sobre a Linha 4 do Metrô, no auditório do Centro Empresarial Botafogo, com a presença de autoridades e técnicos nessa área.
     

  • Reunião, junto com a comissão de mobilização pela construção da Estação São João/Rio Sul do Metrô, no dia 6 de março de 2009, com o Diretor Presidente do Grupo Brascan para tratar do assunto da construção da Estação São João/Rio Sul do Metrô.
     

  • Reunião, no dia 6 de março de 2009, com a Coordenadora Geral de Trânsito da Zona Sul, para tratar da faixa reversível da Rua Humaitá.
     

  • Envio de documento ao Ministério Público Estadual solicitando a abertura de um inquérito para apurar os danos ambientais para o bairro de Botafogo decorrentes dessa autorização da ANAC para o aumento do número de voos no Aeroporto Santos Dumont.
     

  • Participação de reunião no dia 7 de abril de 2009 com os Ministérios Públicos Estadual e Federal para tratar dos problemas decorrentes do aumento do número de voos no Aeroporto Santos Dumont. 
     

  • Audiência, no dia 7 de abril de 2009, com o Prefeito Eduardo Paes para tratar do assunto da Praça Nelson Mandela.
     

  • Elaboração e envio aos vereadores, de documento com as propostas aprovadas na AMAB com relação a venda dos terrenos remanescentes da construção da Linha 1 do Metrô.
     

  • Elaboração de projeto para reforma da Praça Mauro Duarte.
     

  • Envio, no dia 10 de maio de 2009, ao Instituto Estadual do Ambiente (INEA) de documento com as propostas da AMAB para mitigação dos danos ambientais decorrentes do aumento do número de voos no Aeroporto Santos Dumont.
     

  • Reunião na AMAB para apresentação das propostas dos moradores sobre o tema “A AMAB que queremos”. 
     

  • Participação nos dias 27, 28 e 29 de maio de 2009, no Hotel Guanabara, na 1ª Conferência Nacional de segurança Pública.
     

  • Comparecimento, junto com a comissão de mobilização pela construção da Estação São João do Metrô, a Câmara Municipal para conversar com os vereadores sobre as emendas da AMAB para o PLC Nº. 1/2009, que propõe a criação de parâmetros urbanísticos para os terrenos do Metrô, com vistas a colocação dos mesmos à venda.
     

  • Confecção de uma planilha com as emendas apresentadas por cada vereador para que possamos discutí-las com os mesmos antes da votação.

A atual diretoria gostaria de ter feito muito mais, todavia, tudo o que fizemos foi com muito empenho e dedicação. Esperamos no próximo biênio ter muito mais a apresentar e assim ter participado cada vez mais de maneira efetiva da melhora da qualidade de vida de nosso bairro de Botafogo.

 

Atenciosamente,

 

Regina Lúcia Farias de Abreu Chiaradia 
Presidente

© AMAB 2018 Direitos reservados. Criação: Augusto Brito Design Studio

  • Facebook ícone social